domingo, 20 de setembro de 2009

De costas com Ber the bear: Tony




Entrevista para o site http://www.ibear.com.br/



Ber, the Bear: Então Tony, estamos inaugurando essa seção de entrevistas pela ibear. pq acha q foi escolhido para ser o primeiro?
Tony: Acredito que por ser um membro atuante no site desde o comecinho quando ainda não éramos nem 100 iBear’s

B: A informação que me foi dada é que você é o membro mais ativo. Isso procede?
T: Se levar em consideração a posts e comentários acho que sim.

B: Ah tá, entendemos. PAM. Continuando, você se acha um urso famoso?
T: Fora isso, estou sempre “monitorando” em busca de novas informações e amigos. E quando possível passo dicas que acho pertinentes aos administradores

B: A bicha lê muito devagar ou a internet é discada. Demora horrores para responder e continua respondendo a primeira pergunta. Ok, você se acha um urso famoso? (Vamos ver se agora ele entendeu)
T: Famoso eu? Não mesmo! O que acontece é que acabei ficando um pouco conhecido por conta de um concurso de outro site, mas famoso… Não.

B: O Big Bear? (Vou continuar no assunto fingindo que ele não gongou o Ibear para fazer propaganda da concorrência)
T: Isso!

B: Que o Duducho ganhou. Chateado por deixar de ser a celebridade bear do mês passado? (Mais demora em responder… Vou acabar dormindo assim…)
T: Exato. Chateado?Não!Aquilo foi uma grande brincadeira que, em alguns momentos, ganhou ares de seriedade devido à “ambição” de outros participantes… Mas no fim tudo acabou bem para quem é do bem. (quem é do bem. As amigues dele, eu suponho)

B: Não curte esse choque de egos entre ursos pela popularidade? Sabe que tem gente que odeia pessoas que nem conhece pessoalmente. (será que ele demora assim no site de pegação? Ou ele está fazendo pegação nesse momento?)
T: Bem… Eu não curto. Acredito que tem mercado para todos, sem a necessidade de brigar pelo “top”, mas com a crescente popularização do meio bear os egos inflam também e sempre tem aquele que quer brilhar mais que outro,quanto ao fato de odiar quem não se conhece isso é puro preconceito e é exatamente isso que não precisamos. Acho que já temos muitos problemas no meio gay para ficar simplesmente odiando por ai…Em alguns casos esse ódio extremo pelo desconhecido pode ser desejo contido…

B: A popularidade é sempre para ter maiores chances de pegar alguém né. Vc é comprometido? (Vou pegar alguma coisa para comer enquanto nosso amigo pensa)
T: Há casos e casos. (ele respondeu. Oi? Alguém sentiu um cheiro ruim? Alguém pensou demais? NOT!) Nem sempre é só pela caça em si. Embora não possa negar que é fato que as chances aumentam com a visibilidade, mas também atrai a escória que inveja e odeia sem ter motivo, odeia apenas porque não tem ou não é. Sim sou casado. Vivo um relacionamento estável há 2 anos.

B: Então tá fora da vida de pegação. Ou você mantém tudo aberto? (Tudo aberto, tudo aberto… estou orando para a ursa entender pelo menos essa piada…)
T: Bem… A vida tem um leque enorme de opções… O fato de eu estar de dieta não significa que eu não possa olhar o cardápio… rsrsr

B: Entendi. (Resposta super fofa. Quase filosófica e muito grosseira. Ainda bem que não sou o peguete da bicha) Tem tempo para mais uma pergunta?
T: Todas as que quiser!

B: Bem, eu não gata. Essa entrevista já deu, aproveitei enquanto nosso amigo demorava a responder e fiz faxina na casa, três bofes e dois lanches.
Então, você quer ser o próximo entrevistado? Deixe seu recadinho aqui. Mas por favor, saia do Manhunt e conversa comigo da casa daquela amigue que tem internet a cabo, tá? Abraço de Urso!

Nenhum comentário: